No.64 | 21.08.2021

Geopolítica

Taleban controla capital afegã depois de 20 anos de ocupação estadunidense, e China pode ter papel crucial na reconstrução do país

Ocupação dos EUA custou mais de R$ 10,8 trilhões e centenas de milhares de vidas, deixando país no caos; Pequim mantém operações em sua embaixada e dialoga com Washington e Taleban, demandando fim de suas relações com Movimento Islâmico do Turquestão Oriental

Meses após boicote contra algodão de Xinjiang, Adidas e H&M sofrem quedas nas vendas (16,3% e 28,1%, respectivamente), enquanto marcas esportivas chinesas crescem

Com marketing baseado em uso de dados, lucros de Li Ning e Xtep devem crescer no primeiro semestre (200% e 65%, respectivamente), enquanto participação de mercado de Anta (16,6%) se aproxima da segunda colocada Adidas (17,4%); EUA ameaçam sancionar companhias chinesas

Ciência e Tecnologia

China assume liderança global em qualidade de pesquisa sobre inteligência artificial em 2020, obtendo mais citações (20,7%) do que os EUA (19,8%) pela primeira vez

Líder em número de publicações sobre IA desde 2012, China foca no desenvolvimento de talentos domésticos; a Academia de Inteligência Artificial de Pequim criou Hua Zhibing, uma “estudante virtual” que escreve poesia e desenha

Política Nacional

Governo suspende exames finais de inglês em escolas primárias de Xangai, visando diminuir pressão sobre estudantes, em mais uma experiência de reforma educacional

Provas finais de matemática e chinês serão aplicadas somente no terceiro (9 anos) e quinto anos (11 anos), enquanto outras formas de avaliação serão incentivadas; inglês tem o mesmo peso que matemática e chinês no gaokao (vestibular)

Aplicativo de táxi Didi vai aprimorar transparência nos pagamentos de seus 13 milhões de motoristas, enquanto governo anuncia limite em sua fatia de ganhos

Função recém-lançada permite que motoristas visualizem o quanto recebem em cada corrida no último dia e semana; com 493 milhões de usuários (90% do mercado), Didi foi removido das app stores da China desde julho, para a realização de uma análise de segurança de dados

Economia

Abertura econômica impulsionou IED líquido na China*, crescendo de R$ 433,5 mil a R$ 807,1 bilhões (1979-2020), superado atualmente apenas pelos EUA (R$ 844,8 bilhões)

Comércio exterior cresceu de R$ 111,5 bilhões para R$ 25,13 trilhões (1978-2020); principais itens de exportação mudaram de produtos primários para mecânicos e eletrônicos, para 230 parceiros comerciais

*IED bruto na China (R$ 882,9 bilhões) se tornou o maior do mundo pela primeira vez em 2020

Com acelerada recuperação do comércio global, custos dos fretes aumentam cerca de dez vezes desde início da pandemia, batendo recorde histórico

Custo de contêiner da China à Costa Oeste dos EUA (R$ 85.600) aumenta 50% em um mês; falta de contêineres e restrições por Covid em importantes portos chineses contribuem para alta de custos e tempos dos fretes, gerando transtornos nas cadeias produtivas e riscos inflacionários

Agricultura e Meio Ambiente

China incentiva digitalização da agricultura, mas tecnologia das corporações beneficia apenas grandes produtores

Plataforma Agricultura Moderna (PAM), da gigante de sementes e pesticidas Syngenta, fornece monitoramento das lavouras e outros serviços para mais de 773 mil hectares de terra, com foco em fazendas mais rentáveis de grande escala, mas que dificilmente se aplicará à maioria da economia camponesa do país

Cultura e vida do povo

Milhares de pessoas ajudam a salvar relíquias depois das enchentes em Henan, província que abriga 65.500 lugares de patrimônio histórico (10% do total do país)

Mais de 1.500 de trabalhadores dos museus, soldados e voluntários ajudam a reforçar barragem do rio na histórica cidade de Xunxian, depois que suas muralhas antigas foram impactadas pela inundação, enquanto cerca de mil pessoas limpam a Gruta Logmen, patrimônio histórico mundial da UNESCO

A cultura de museus floresce na China, impulsionada por investimentos em novas instalações, programas de TV e produtos para o consumidor, popularizando patrimônios históricos

Entre 2016 e 2020, em média um museu foi aberto a cada dois dias, totalizando 5.788; ano passado, apesar da pandemia, 29 mil exposições e 225 mil atividades formativas receberam 540 milhões de visitantes

Visitantes no Museu de Nanjing, Província de Jiangsu, 22.08.2019 [Visual People via ChinAfrica]


Inscreva-se. O resumo será publicado todo sábado em português, espanhol, inglês e francês.

Leia Notícias da China: Boletim África em inglês, espanhol, português e francês.

Siga nossas redes sociais: